Importância de brincar ao ar livre é tema de projeto de extensão

Postado por: Alíria Aristides

O projeto de extensão “Brinquedoteca Aberta” foi desenvolvido no curso de pedagogia por Maria Eduarda Cardoso Sampaio da Silva; Sabrina Terra Pereira; Isabela Araújo Vaca Diez; orientados por Milene Bartolomei Silva e Daniela Cristina Barros de Souza Marcato. Esse estudo participa do Integra desde sua primeira edição em 2017, trabalhando diversas áreas de desenvolvimento e capacitação de discentes.

O trabalho já foi submetido a outros eventos como 3ª Jornada brasileira de educação e linguagem, também realizada na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e 4° seminário regional de extensão universitária da região centro-oeste e uma publicação em revista da UFG (Universidade Federal de Goiás).

A pesquisa realizada visa a importância de brincar livremente em um ambiente lúdico, que prioriza o brincar como ferramenta essencial. A idade das crianças envolvidas é de quatro e nove anos. São estimuladas através do brincar pensamentos, criatividades, emoções e sentidos. O desenvolvimento da prática pedagógica é organizado de forma que envolva o processo de brincar e sua relevância no processo ensino-aprendizado e de formação do sujeito.

A vivência do projeto possibilita aos futuros professores a experiência prática, o que não aconteceria apenas com a teoria. Também desenvolve em acadêmicos de outros cursos, através da observação, um interesse em pesquisar a partir do momento de convivência com as crianças, levando em conta a infância seu desenvolvimento e o processo de brincar.

Texto e Foto: Barbara Livoratti – Repórter Júnior

Crianças brincando ao ar livre no projeto ‘A importância de brincar ao ar livre’ do Colégio Status, em Campo Grande (MS)

Compartilhe:
Veja também