Bullying em tempos de pandemia

Postado por: GABRIEL NERI GONÇALVES DE MATOS

No atual cenário mundial, a pandemia do novo coronavírus se alastrou pelo mundo e obrigou a sociedade a se adaptar a uma nova realidade na qual tiveram que se isolar, afetando a saúde mental das pessoas. Diante disso, inúmeras pessoas passaram a sofrer com problemas psicológicos devido à insegurança e ao isolamento social por um grande período.

Fabiane Aparecida da Silva Duarte, Fábio César Charlie, Gleison Mauro Almeida Ribeiro, Debora Cristina dos Santos França, Rosangela Villa e Roseane Limoeiro, responsáveis pelo trabalho, pensaram em como poderiam trabalhar assuntos que envolvem a saúde mental nas aulas remotas. Então, o grupo resolveu abordar um assunto que afeta o psicológico de jovens e adultos já muito antes da pandemia: o bullying.

O bullying é um assunto muito delicado que não deve ser esquecido. Ele destrói vidas e faz com que o colega sinta humilhação de si mesmo. Ele não está envolvido somente nas escolas, mas em todo lugar; para todos os lados, até em redes sociais. A internet virou uma terra sem lei onde você pode entrar, ofender e escrever palavras preconceituosas e sair totalmente impune.

O objetivo do trabalho produzidos pelos acadêmicos é despertar e orientar as crianças, alertando o mal que o bullying causa aos colegas para que elas possam crescer desenvolvendo em si um espírito de cidadania respeitosa, que respeita as diferenças, particularidades, características, desigualdades e gêneros, pois, se você quer respeito, tem que dar o respeito – um gera o outro. No final, os acadêmicos solicitaram para cada aluno uma produção de podcast, compartilhando, assim, o que eles puderam absorver ou experimentar desse conteúdo tão importante na atualidade.

Texto e foto: Maira Luiza Weiler Rodrigues – Repórter Júnior 

Compartilhe:
Veja também