Carne artificial: Projeto apresentado no Integra UFMS aponta quais os benefícios dessa inovação

Postado por: GABRIEL NERI GONÇALVES DE MATOS

Carne ‘comum’ que a maioria da população consome

A carne artificial é um alimento inovador que gera algumas melhorias para o meio ambiente e também à população. A produção desse tipo de carne é produzida dentro de laboratório, mas você sabe através de que? É feita a partir de músculos coletados do animal que são extraídos para formar por fim as fibras musculares (células que constituem os músculos) e é esse o assunto abordado no projeto apresentado durante o Integra UFMS 2021 “Fatores relevantes para o consumo de alimentos inovadores: o caso da carne artificial’ feito pelos alunos Felipe Quevedo Pires de Oliveira e Silva e Jéssica Beatriz Pereira.

O projeto relata que com o objetivo de diminuir os impactos ambientais e promover o bem-estar animal, foi criado esse tipo de alimento que promove menos danos do que a produção de carne vinda do animal, a “carne normal” e que é o caso de emissão de gases pois esses animais liberam grande quantidade de gás metano.

Foi feita uma pesquisa para o projeto, que obteve 264 respostas, em que muitas pessoas alegaram não conhecer o alimento mas concordam com o fato de o alimento dar sustentabilidade ambiental. Alguns não consideraram a carne como muito natural e outros disseram ter medo de consumir o alimento nunca antes consumido, entre outras opiniões. Posteriormente foi concluído que as pessoas que tinham vontade de comprar a carne artificial representavam 42,6% dos entrevistados e os que estavam dispostos a pagar a mais pelo produto representavam 56,6% dos respondentes.

Texto e foto: Camily Vitória Ferreira Benitez – Repórter Júnior 

Compartilhe:
Veja também