Educação Ambiental e sua Importância na Preservação do Pantanal é tema de projeto apresentado no Integra UFMS

Postado por: GABRIEL NERI GONÇALVES DE MATOS

Porto de Corumbá, nas margens do Rio Paraguai, no pôr do sol (Alexsander Godoy)

Abrangendo cerca de 179.000 km2 e tendo imensa fauna e flora, o Pantanal, bioma situado no Brasil, na Bolívia e no Paraguai, é considerado Patrimônio Nacional pela Constituição Brasileira e Patrimônio da Humanidade e Reserva da Biosfera pela UNESCO.

Todavia, vem sendo ameaçado pelas constantes ações antrópicas, que destroem parte de sua biodiversidade. E, para amenizar a situação e espalhar conscientização acerca do assunto, a educação ambiental vem sendo uma grande ferramenta na preservação do bioma, utilizada no projeto “Descobrindo o Paraíso: Pantanal (quinta edição)”, de Hyandra de Linda Ormundo, Alessandro Miranda Marques, Camila Aoki e José Rimoli, apresentado no Integra UFMS de 2021. O foco é levar a sensibilização e reconhecimento da biodiversidade pantaneira, ensinando suas características à população que lá mora, para também melhorar a qualidade do ensino ambiental e difundir o conhecimento a respeito de uma área extremamente valiosa para o Brasil.

Esse projeto, que está hoje em sua quinta edição, já atendeu cerca de 1000 estudantes, que em 2021 terão contato com os aprendizados de forma remota, através de vídeos de divulgação e cartilhas impressas. É uma grande oportunidade para alunos que frequentam escolas públicas, que terão a chance de aprender mais sobre o ambiente em que vivem e entender como ele é afetado por suas ações. Já para acadêmicos de pós-graduação, o projeto será uma atividade para complementar os estudos sobre as práticas pedagógicas e um meio de divulgar seus conhecimentos gerados na universidade, assim consolidando o tripé ensino-pesquisa-extensão.

Texto: Julia Novaes Fernandes Coutinho – Repórter Júnior

Compartilhe:
Veja também