O uso das redes sociais como ferramenta de informação em saúde

Postado por: Ana Klara Tortoza Deleprani

O grupo PET – SAÚDE Imbirussu, composto por acadêmicos da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), tem como objetivo expandir o acesso a informações em saúde conscientizar a população sobre os casos da Covid-19 e incentivar maior cuidado. O grupo atua nos bairros Zé Pereira e Cidade Morena, mas devido ao cenário de pandemia, o trabalho vem sendo divulgado nas redes sociais, em formato de cards e vídeos.

O grupo também está realizando um trabalho interprofissional envolvendo um dos grupos do PET, a associação de moradores e a equipe da saúde e da família das UBSF buscando a promoção de trabalhos em rede e intersetorial. “Alguns dos temas trabalhados nas ações propostas foram sobre o uso correto de máscaras, diferentes tipos de álcoois, proteções necessárias para gestantes, esclarecimento de fake News e atendimentos oferecidos em UBSF, entre outros”, explica a acadêmica de odontologia, Amanda Torres.

De acordo com o trabalho, as ações de educação em saúde têm contribuído para o acesso a informações qualificadas, mantendo a proximidade e contato com a população da região, conscientizando sobre os casos da Covid-19 e incentivando um maior cuidado integral. O trabalho não só auxilia a população local, como a comunidade externa como um todo, que também pode conferir o trabalho por meio das redes sociais.

Confira o trabalho aqui

 

Texto: Raissa Cruz – Estagiária de Jornalismo

 

Apresentação da acadêmica Bianca Torres, representando do Grupo PET-Saúde Imbirussu

Compartilhe:
Veja também