Violência contra a mulher: Trabalho apresentado no Integra UFMS discute o aumento do crime durante isolamento social

Postado por: GABRIEL NERI GONÇALVES DE MATOS

“Em briga de marido e mulher, nós salvamos a mulher” (Secretaria da Mulher de Embu das Artes)

Esse estudo, apresentado no Integra UFMS e feito pela aluna Bruna Tejado, se trata de uma pesquisa de opinião com trabalhadores da saúde e da assistência social sobre a questão da violência doméstica contra a mulher. O estudo tem o intuito de identificar as experiências dos operadores dos serviços que estão no enfrentamento a violência doméstica contra a mulher no contexto de pandemia pela COVID-19.

Por meio da pesquisa, que conteve três perguntas abertas e duas fechadas, analisou-se as informações a partir do materialismo histórico dialético. Os resultados acerca da resposta dos trabalhadores são unânimes quanto ao aumento de casos de violência doméstica contra a mulher.

Há desafios no que diz respeito ao acesso aos serviços devido ao teletrabalho e afastamento por grupos de riscos pelos trabalhadores, o número de profissionais foi reduzido, sendo assim havia menos pessoas para atender as denúncias. A rede que compõem esses serviços se articula para promover ações de saúde de acordo com as necessidades das mulheres e dentro da capacidade ofertada. Em caso de violência ligue 180. “Em briga de marido e mulher, nós salvamos a mulher”.

Texto: Bianca Silva – Repórter Júnior

Compartilhe:
Veja também